6 Referências

 
 
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. Tecnologia da Informação – processos de ciclo de vida de software, NBR ISO/IEC 12207. Rio de Janeiro, 1998.
 
 
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. Tecnologia da Informação – processos de ciclo de vida de software, NBR ISO 10007. Rio de Janeiro, 2005.
 
 
Biblioteca MSDN - Microsoft Developer Network. Apresentando o Visual SourceSafe. Disponível em< http://msdn.microsoft.com/pt-br/library/3h0544kx(VS.80).aspx>. Acesso em 30 Ago. de 2009.
 
 
BRASIL - Lei Federal n.° 8.666/93 - Lei Geral de Licitações - Regulamenta o artigo 37, inciso XXI, da Constituição Federal, institui normas para licitações e contratos da Administração Pública e dá outras providências. Diário Oficial (da República Federativa do Brasil), Brasília, 6 de julho de 1994. 
 
 
BRASIL. Ministério da defesa . Exército Brasileiro. Departamento de Ciência e Tecnologia. Plano de Migração para Software Livre. Disponível em< http://www.softwarelivre.gov.br/casos/Plano_Migracao_Soft_Livre_13FEV07.pdf/view>. Acesso em 15 Set. de 2009.
 
 
Chosing a distributed VCS for the Python project. Disponível em< http://www.python.org/dev/peps/pep-0374/>. Acesso em 24 Ago. de 2009.
 
 
DIAS, André Felipe. Vantagens e Desvantagens do Controle de Versão Distribuído. Disponível em <http://pronus.eng.br/blog/http:/pronus.eng.br/blog/vantagens-e-desvantagens-do-controle-de-versao-distribuido> Acesso em 06 Jul. de 2009.
 
 
IBM Redbook. Software Configuration Management with IBM Rational ClearCase and ClearQuest UCM. Disponível em< http://www.redbooks.ibm.com/abstracts/sg246399.html?Open&S_TACT=105AGX15&S_CMP=LP> Acesso em 05 Out. De 2009.
 
 
LEITE, Igor Abade. Team Foundation Server como controle de versão universal. Disponível em < http://www.microsoft.com/Brasil/msdn/Tecnologias/vs2005/tfs.mspx>. Acesso em 30 Ago. de 2009.
 
 
MORPHY, DAVID J. Managing Software Development with Trac and Subversion: Simple project management for software development. Packt Publishing. 2007.
 
 
O'SULLIVAN, Bryan. Mercurial: The Definitive Guide. Disponível em< http://hgbook.red-bean.com/read/>. Acesso em 29 Ago. de 2009.
 
 
PAULA FILHO, Wilson de Padua. Engenharia de Software: Fundamentos, Métodos e Padrões. 2 ed. Rio de Janeiro: LTC, 2003.
 
 
Polícia Militar do Estado de São Paulo - Centro de Despesa de Pessoal, Origem Histórica. Disponível em:< http://www.cdp.polmil.sp.gov.br/e107_files/origem_historica.pdf>. Acesso em 25 Out. De 2009.
 
 
PRESMAN, R. S. Engenharia de Software. 6a Edição – Rio de Janeiro: McGraw Hill, 2006.
 
 
SAMPAIO, Otávio. A opção pelo Redmine. Disponível em< http://blog.riopro.com.br/2008/06/18/a-opcao-pelo-redmine/>. Acesso em 18 Ago. de 2009.
 
 
SEI, 2006. Capability Maturity Model Integration (CMMI), Version 1.2, Pittsburgh, Software Engineering Institute, Carnegie Mellon University. Disponível em:< http://www.sei.cmu.edu/cmmi/models/index.html> Acesso em: 17 fev. de 2009.
 
 
Suporte Google Code. Analysis of Git and Mercurial. Disponível em < http://code.google.com/p/support/wiki/DVCSAnalysis>. Acesso em 24 Ago. de 2009.
 
 
YIN, Robert K. Estudo de caso: planejamento e métodos / Robert K. Yin; trad. Daniel Grassi. – 3. ed. – Porto Alegre: Bookman, 2005. 212 p.


 


 


 




 


 



 


 

Comments